A Menina que queria ser fada

(2010)

Portifólio

Uma menina. Mulher. 3 amigos. Uma pequena tragédia de amor.

Cada um tem um destino.

Mesmo que lutemos contra ele sempre nos aguarda.

Destino. Cada um tem o seu, mesmo que tentemos andar no sentido oposto ele nos aguarda em uma encruzilhada. Nesta espera vivemos à procura:

de um espaço...

de um reconhecimento...

de um bom emprego...

de muitas realizações...

de um grande AMOR.

Ela, a menina, aparece na vida de todos como um cometa, modicando as perspectivas, os trajetos, os destinos deles...

A menina cumpre o seu...

Ela ama. Um amor incontrolável e imensurável que logo tem reciprocidade.

É de como surge esse amor, de como conhecemos a nós mesmos através do outro e de como só aquele outro te completa até que o destino os separe.

Ele conhece ela. Ela muda seu destino que parecia estar selado. Ela mudou os destinos de quem encontra e segue o seu sem interferências.

Qual o tamanho da interferência do AMOR em uma pessoa?

Quem pode deter o destino? Bondade e delicadeza ainda são expressões do amor? Pureza e leveza ainda são qualidades da alma?

A idéia do roteiro inicial para a história é uma junção de histórias e experiências reais e fictícias. Ouvimos todos os tipos de história para justificar o destino por vezes trágico de cada um... contam que quando morremos viramos estrelas... e que por isso havia tantas no céu... Mas as boas almas, as mais puras se transformam em anjos para ajudar no tênue equilíbrio entre o bem e o mal.

Work in Process

baixe o projeto:

Mais fotos aqui:

ou

Stay featured or remove this badge.